11 maio 2017

VESAK 2017

Hoje é o Dia de Buda -- a lua cheia do mês indiano de Vesak -- em 2017 comemorado pelos seguidores da sua mensagem.
Considerado por muitos como o ser humano mais extraordinário da história conhecida da humanidade, o seu ensinamento veio a dar origem à religião budista, embora ele próprio nunca tenha reivindicado ser algo além de um ser humano sem qualquer inspiração de algum deus ou poder externo e atribuindo, pelo contrário, toda a realização e resultados à inteligência e empenho humanos. 
Como singela homenagem ao Buda Sakyamuni recordamos neste dia mais um fragmento do seu legado, integrado no Dhammapada (pensamentos proferidos por Buda em verso), do Canon Budista*:

-- Neste mundo, nunca pelo ódio

   Pode o ódio ser aplacado.
   Somente pelo amor.
   Esta é uma Lei eterna

-- O néscio, de pouca inteligência

   Dá-se à negligência.
   O sábio, como tesouro supremo, 
   Dá-se à diligência

-- Recusa a negligência

   E, nos prazeres, a cumplicidade.
   Quem medita com diligência
   Atinge grande felicidade

-- Não te intrometas nas faltas dos outros

   Nas coisas feitas ou deixadas por fazer.
   Pondera antes naquilo que tu fazes
   Ou deixas por fazer

-- Nem encostando-se a vida inteira ao sábio,

   Conhecerá o néscio a Verdade,
   Tal como a colher não sabe o sabor da sopa

-- O conquistador gera a inimizade;

   O derrotado vive em sofrimento.
   O pacificado repousa em felicidade,
   Renegando, de vitórias e derrotas, o tormento

-- Se verdadeiramente felizes,

    Vivemos sem ódio entre odiosos,
    Vivemos, libertos da aversão,
    No meio de homens horrorosos

-- Nem mãe nem pai nem parente

   Fazem tanto bem como aquele
   Que floresce da bem orientada mente

-- Não penses de forma ligeira sobre o mal,
   Dizendo: "Ele não virá para mim".
   Tal como o pote se enche com o cair das gotas,
   Também o néscio, recolhendo-o gota a gota,
   Se enche a si próprio com o mal

-- Não penses de forma ligeira sobre o bem,
   Dizendo: "Ele não virá para mim".
   Tal como o pote se enche com o cair das gotas,
   Também o sábio, recolhendo-o gota a gota,
   Se enche a si próprio com o bem
   
*- Retirado de "O Ensinamento de Buda" de Walpola Rahula, Editorial Estampa, 2005

09 abril 2017

SOBRE A MEDITAÇÃO

Na meditação Vipassana, deve estar presente a lucidez ("awareness") da simples constatação do permanente processo interior (físico ou mental) com humilde abertura e aceitação. Dessa forma, é gerada a condição necessária para que a percepção surja por ela, i.e., sem qualquer subjectividade -- necessariamente parcial e enganadora -- no processo de apreensão e consciencialização da realidade.
ABT/NA

26 fevereiro 2017

SOBRE A VIVÊNCIA V

O presente (aqui e agora) é a semente do futuro. Quanto mais correcto for o teu presente, mais edificante será o teu futuro.
ABT/NA

SOBRE A VIVÊNCIA IV

Seja qual for o teu objectivo, mais ou menos elevado, no quadro da empatia e harmonia cósmica terás de dar atenção aos meios de o alcançar: foco no Caminho do Meio -- com consistência em carácter, inocência em mente, humildade em posicionamento -- e assegurando que a tua fala é sincera, modesta, útil e correcta. E, quanto ao teu futuro... deixa acontecer o que acontecer.
ABT/NA

25 fevereiro 2017

SOBRE A VIVÊNCIA III

A vida está na entrega, não no resultado dessa entrega.
Em termos espirituais, o caminho é mais importante que o objectivo.
ABT/NA

21 maio 2016

VESAK 2016

O dia de hoje, da lua cheia do mês de Vesak do calendário lunar indiano, este ano a 21/MAIO, é o dia de Buda, o dia de todos os budistas, o dia internacional do Budismo decretado em 2000 pela ONU.
Neste dia especial para todos os budistas, associamo-nos à homenagem àquele que, para muitos, foi o maior vulto da História conhecida da humanidade, venerando o seu extraordinário legado e recordando com gratidão alguns pensamentos plenos de simplicidade, profundidade e atualidade:

-- Pode conquistar-se em batalha
    Mil homens um milhar de vezes,
    Mas o maior dos conquistadores
    É o que se conquista a si mesmo.

-- Apressa-te a fazer o bem,
    Refreia a tua mente do mal.
    Apraz-se no mal a mente
    Que retarda o fazer do bem.

-- Tal como a ferrugem, filha do ferro,
    Corrói a sua própria natureza,
    É o transgressor, pela sua ação,
    Corroído pela dor e tristeza.

-- Não há fogo como a cobiça.
    Não há garra como a aversão.
    Não há rio como o apego.
    Não há teia como a ilusão.

-- O sol brilha de dia, a lua brilha de noite;
    Na armadura brilha o soldado,
    Na meditação brilha o brâmane.
    Mas todo o dia e toda a noite
    Brilha, com esplendor, o Despertado.

NOTA ABT: Versículos retirados do livro (altamente recomendado) "O Ensinamento de Buda" de Walpola Rahula, Editorial Estampa, 2005.
    

07 maio 2016

10 ANOS ABT

Na evocação do seu décimo aniversário (2006-2016), a Associação Budismo Theravada disponibiliza na colecção "Cadernos ABT"  a sua quarta obra exclusiva no panorama livreiro português -- o livro "A Prática Budista"-- agora com nova tradução (na sequência de uma anterior versão publicada pela Editora Pergaminho).
Mais info: Aqui neste blogue, na pág. "Bibioteca-Bazar-Dana". T. 918 239 693.